A cumplicidade da amizade


O fim de tarde, deu o braço à noite e juntos iniciaram um serão inesquecível...

Quem disser que a 2ª feira será sempre a eterna 2ª feira engana-se, bom pelo menos ao final da tarde a minha não foi igual às outras tantas 2ªs feiras...

O fim de tarde convidava à esplanada e como a maré ainda não tinha desmaiado, o cheiro a rio e as suas sujas tristezas não incomodavam...

Sentámos, ao som de umas cervejas e para os mais afoitos uma caipirinha. Dava inicio a um longo serão de amizade, nostalgia, cumplicidade, a emoção envolveu-se sobre os nossos corpos e logo recordámos mais uma vez os momentos que vivemos juntos, que nos une como uma corda que amarra o barco ao cais.

Falamos das nossas coisas e das coisas dos outros, fomos sérios e voltamos a rir no mesmo instante.

É bom sentir que temos quem nos abrace quando a vida nos amarga a alma ou coloca o açucar nas nossas histórias.

É bom saber que vos tenho aí, que são a minha luz naquele túnel que por vezes percorro. É bom saber que a distância não corroi a corda que para sempre nos agarra e nos faz felizes cada vez que nos abraçamos, é bom sentir sempre esse silêncio que se decora com um sorriso de uma força infinita, é bom serem como são...Obrigado!



"Trago-te no riso enterrado, nas lágrimas que me lançaste, escadas de incêndio para a sabedoria da felicidade, na pele escaldada pelo brilho da noite, depois do mar.

Deslizo para esta solidão demasiado humana de não poder voltar a ser sozinho, como era quando tu existias, nesta mesma cidade, e eu já nem sequer pensava em ti."

Inês Pedrosa

13 comentários:

guevara disse...

Love is in the air!!!!
Every time I look around!!!

Lol...

=)

Grande Som...

Lôra disse...

Meu querido Mocho...

Que possamos ter muitas segundas-feiras destas onde esquecemos todos os problemas e ficamos com dores de barriga de tanto rir.

Porque ter amigos é mesmo das melhores coisas que há. Adoro-vos!

Anónimo disse...

Uma grande amiga minha sugeriu-me q le-se o teu Blog.

É para te dizer q gosto damaneira q escreves e te exprimes, deves ser uma pessoa mto humana.

agradeço por ser amigo dela, tou a falar da Lu, a loura.
Beijinho Anabela

Caracolinha disse...

Pois é mocho, e que bom é recordar os bons tempos junto de pessoas que os partilharam connosco ...

Bába ~:o)

Vespinha disse...

Adoro o que escreves.
Adoro a forma como sentes a vida e como a tratas.

Adoro fazer parte da tua vida!

A Vespinha que te adora!

Lôra disse...

Oh Lu...se vens ao blog podes deixar um comentário né?

E já agora empresta-me lá o teu telemóvel :-)

Bjs

pandora disse...

muito bonito este texto!
e a amizade é sem dúvida uma dádiva divina!

Isabel Magalhães disse...

Sabes muito de baleias! Estou admirada! :) :) :)

Um abraço, caro mocho.

th disse...

Que delícia de fim de tarde, daqueles que nos carregam as baterias por um longo tempo...e que bom é sabe-lo apreciar!
abraço, th

Mocho Falante disse...

Foi de facto uma noite memorável, para recordar infinitamente, tal como a inforamção das baleias azuis LOL

Lu disse...

krido amigo ....
Ainda guardo na face as marcas (rugas) de tanto rir naquele jantar. Assim não dá! Lá vou eu ter que gastar mais um dinheirão numas sessões de botox; e o problema da incontinência também me preocupa; isto para não falar naquele arrastão de gente pseudo-civilizada, que em plenas docas me tentou roubar o telemóvel, só pela curiosidade de ver umas reles SMS.
O que se passou na 2ª feira não passou, nem passará! Somos tão bons!

Mocho Falante disse...

Querida Lu, que bom foi voltarmos a rir todos cara a cara... que bom foi ver que a vida te sorri, tal como tu me sorris

Só sei deizer que foi muiiito bom!

Lôra disse...

E que bem que falou a nossa Lu.

É mesmo isso...o que se passou 2ª feira não passou, nem passará!

Porque temos este dom de nos sentirmos sempre rodeados pelos nossos amigos ainda que a distância nos separe.

Blog Widget by LinkWithin