The Bright Star


O que dizer deste filme? Não sei se encontramos palavras para descrever a sua beleza, o texto, a fotografia, a interpretação e a realização mais uma vez sublime da maravilhosa Jane Campion.

Um filme de época que retrata Londres de 1800, a história centra-se na vida do famoso poeta romantico John Keats e na sua paixão crescente pela jovem Fanny Braw.

Keats, o eterno poeta incompreendido, Fanny, a rapariga nascida fora de época que vai aos poucos descobrindo o poder do amor por aquele que nada tem para lhe dar a não ser uma escrita intensa, poderosa e por vezes inatingível.

Jane Campion mais uma vez demonstrando o seu poder por detrás das câmaras, decide passar para a tela os últimos três anos de vida de um dos poetas românticos ingleses mais famosos.

Um filme construído a partir dos poemas de Keats, eleva-se ao mais sublime estado quando se conjuga com a brilhante fotografia e interpretação dos actores.

Ben Whishaw veste a pele de Jonh Keats, a bela Abbie Kornish é a poderosa Fanny Braw, que inicia uma luta constante com Mr Brown (Kerry Fox) que a todo o custo tenta evitar que o amigo poeta se apaixone de vez por esta jovem que seria uma espécie de Coco Chanel do século XIX.

Keats aceita a proposta de Fanny para lhe ensinar poesia e Fanny ensina-lhe a magia do amor real.

As estações do ano vão passando e Jane Campion sabe muito bem como nos encantar através do poder das imagens...enfim só posso dizer uma coisa....é um filme sublime e para quem gosta de poesia está proibido de perder 120 minutos de pura beleza.

Se quiserem dar uma espreitadela, aqui está o trailer...


Agora com o que viram digam lá se não merece a pena uma ida ao cinema?

13 comentários:

wind disse...

A não perder, mesmo!:)
Beijos

Graça Pimentel disse...

Engraçado. Eu fui ver e tenho a mesma opinião. As duas pessoas que foram comigo acharam "tempo perdido".
É por isso que o mundo se não vira...
beijo

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO AMIGO ADOREI A POSTAGEM... SUPER-MAGNÍFICA...!
VOTOS DE BOM DOMINGO... ABRAÇO-TE COM CARINHO...
FERNANDINHA

Era uma vez um Girassol disse...

Obrigada, amigo, pela dica!
Como sou cinéfila...não o posso perder!
Bjs da flor

Teresa Durães disse...

ah! Parece que não é mesmo para perder!

Baby disse...

Já sei que és um bom conselheiro no que diz respeito a filmes e outros espectáculos, por isso vou estar atenta para não perder este. Creio que ainda não estreou cá em baixo.
A fotografia parece realmente excelente pelo que vi no trailer.
Obrigada.
Um beijo.

C Valente disse...

Ainda não vi, mas desperta curiosidadeSaudações amigas

tulipa disse...

Deliciei-me com o teu belíssimo post. Bela sugestão de uma ida ao cinema. Este filme está na minha lista de prioridades.

O meu último post é uma homenagem a um homem humilde, que se fosse vivo faria 104 anos.

É sempre bom sonhar, e isso ninguém nos pode tirar "ainda", nem invadir nossos sonhos, cobrando explicações.

Para mim SONHAR faz-me muito bem. Quem sonha é livre, pelo menos enquanto sonha.

Bom fim de semana de Carnaval.
Excelente "Dia dos Namorados"
Beijinhos.

Teresa Durães disse...

ai, tenho de ir ver!

Alien8 disse...

Caro Mocho,

Talvez vá ver... parece realmente valer a pena.

Um abraço.

Casemiro dos Plásticos disse...

Se calhar este fds vou ver :P

Anónimo disse...

Vou passar a visitar este site. Opinião perfeita.
Fotografia extraordinária a lembrar o nosso Eduardo Serra.
Bom dia.
Lourdes

C Valente disse...

Deixei no meu blog um simples presente com votos de BOAS FESTA
Saudações amigas

Blog Widget by LinkWithin