Diário de Bordo II


A cidade que muitos afirmam ser a Paris que se esqueceu de crescer, brindou-nos pela manhã com um espectáculo de neve, o dia prometia ser longo, divertido apesar de estar planeada muita caminhada pelos becos e ruelas de uma das metrópoles mais românticas do mundo.

Staromestské Námestí que é o mesmo que dizer Praça da Cidade Velha. É impossível descrever a beleza desta praça; não há fotografia capaz de captar toda a sua imponência, esta praça precisa de ser vivida pelos olhos de cada um.

Com dois monumentos principais a fazerem jus à sua beleza indescritível, Staromestské Námestí é composta pela Staromestské Radcine , antigo edifício da câmara municipal e nele podemos ver o famoso relógio astronómico que de hora a hora chama todos os turistas à praça para assistirem ao desfile dos apóstolos, da morte, riqueza, avareza e vaidade, cada personagem deste estranho relógio está carregado de simbolismo que há hora certa ganham vida e apresentam-se à população com a mesma dignidade e brilho de há 6 séculos atrás.




O giro mesmo é ver os turistas a amontoarem-se na praça há hora certa para ver o espectáculo do relógio, depois, bem depois cada um vai à sua vida, uns vão-se enfornar nas lojas de souvenirs, comprando cristais da Boémia, Matrioscas; chapéus, Absinto, eu sei lá, e outros continuam a sua viagem pelos monumentos da Cidade.

Ainda em Staromestské Námestí podemos ver a fantástica Igreja de Tynn datada dos séculos XIV e XVI, esta igreja é composta por duas torres que representam Adão e Eva. A sua entrada é por umas arcadas na praça central e de livre acesso, se por acaso encontrarem por lá um velho antipático a fazer peditório para a Caritas, façam-me um favor, dêem-lhe o tabefe que eu não lhe consegui dar.
Em Staromestské Námestí podemos ainda ver O Teatro dos Estados, onde foi rodado o famoso filme Amadeus, aqui em 1787 foi estreada a Ópera Don Giovanni com o próprio Mozart.

Agora é sair e dar novo rumo, até à ponte Carlos IV, Karluv Most em Checo, construída em 1357, esta ponte é decorada com 30 estátuas de Santos incluindo o Santo António de Lisboa, que fazem companhia aos artistas que por ali fazem negócio.



A cidade tem 17 pontes, mas esta que ficou com o nome do imperador que a reformou é de facto a mais famosa, pedestre, oferece-nos uma vista pela cidade inigualável.

O dia acaba, numa famosa cervejaria, ou num restaurante italiano que em Praga é praga, há um em cada esquina, mas sendo Italiano ou Checo, uma coisa é certa a bebida é cerveja e para os mais friorentos sai um vinho tinto quente com sabor a canela.

Dekuji Praha!

26 comentários:

wind disse...

Mas que belíssima descrição de tudo ao pormenor e que belas fotos!:)
Adorei ler, consegues fazer com que vejamos o que relatas:)
Beijos

Catarina disse...

Mochito

Não me importava nada de começar o ano com uma Praga destas :):)

Btos grandes e ... ainda vou a tempo para desejar um bom ano de 2008?

Kraak/Peixinho disse...

Praga é uma cidade belíssima! Espero que tenhas tido excelentes dias ao pé dos checos e dos milhões de turistas! Praga é verdadeiramente especial na altura do Natal.

Tens aí a foto da "minha" Ponte! :P

Hugzz Checos

Marco Ferreira disse...

Já o disse e volto a dizer que fico deliciado com as tuas descrições das viagens.

Se fechar os olhos é como se lá estivesse.

marinheiroaguadoce a navegar

Sara MM disse...

Deve ser mesmo magnífico esse relógio...
E afinal, hã!? o Sto António tem uma internacionalização! :o)


Bjss

LFM disse...

que inveja a minha...

125_azul disse...

Também quero! Beijinhos invejosos, roídinhos...

Lu.a disse...

Bom fim de semana Mochinho! :)

Casemiro dos Plásticos disse...

descrição completa e com fotos lindissimas a ilustrar, muito bom. parabéns.
abraço e um optimo fds.

Ck in UK disse...

tenho boas recordacoes dai. foi a primeira viagem que fiz com o Elvis

calamity jane disse...

Ia jurar que já tinha deixado aqui o registo da minha inveja. Bom, aqui fica. Um dia destes também levanto vôo...

Alien8 disse...

Caro Mocho Falante,

Sobre Praga já disse que bastasse em comentários anteriores. Por isso, desta tua bela descrição de locais onde, como diria o outro, "já fui muito feliz" :), retiro, mesmo não sendo grande apreciador, a cerveja, a magnífica cerveja checa, quanto a mim superior à alemã.

Bom fim de semana e um abraço.

Sérgio Pontes disse...

Gostei da música que não conhecia!

Um abraço,

As fotos tambem estão muito boas!

Kalinka disse...

Também penso como tu:
Viajar é Viver.

Já fui a Praga e entendo muito bem a tua admiração pela cidade de Kafka.

Eu, peço desculpa pela minha ausência, mas a minha vida tem estado complicada, tenho uma familiar muito querida com apenas 25 anos e está a sofrer há 8 meses, problemas graves, neste momento aguarda um transplante de coração.
No último dia do ano de 2007 dediquei-lhe o meu post de fecho do ano.
Nem sei como ainda tenho cabeça para andar por aqui...venho vindo aos poucos, mas...não com a mesma assiduidade de antes.
Sinto-me bem na blogoesfera, é aqui que muitas vezes venho buscar forças.

Bom fim de semana.
Um abraço.
Ai como eu preciso de um Abraço!!!

Odysseus disse...

Chamam-lhe a cidade das cem cúpulas!

1 Abraço

Kalinka disse...

Mochinho Lindo
Que bom que temos gostos cinéfilos tão idênticos...
sobre esse filme, penso que passou um pouco despercebido ou quem o viu talvez não se recorde, para mim foi e é inesquecível.

É como dizes: simplesmente sublime, arrebatador, uma obra de arte.

Beijocas

Afrodite disse...

Depois de ter estado em Budapeste, jurei que haveria de ir a Praga. Parece-me ter chegado a hora. Quero ver in loco o que aqui tão bem descreves e ilustras. Parabéns e obrigada

Jeffrey disse...

Nunca fuia Praga, mas a conheço pela ópera magistral de Mozart... amo essa música!
Lindo blog! visitarei-o sempre, Mocho "tagarela"...

kisses from Brazil!

Jeffrey disse...

blog do Jeffrey: http://caminhoszenjuizo.blogspot.com

APO (Bem-Trapilho) disse...

que sitio maravilhoso! :))) bela fotos tb!

Cristina disse...

sinto-me....................................................invejosa......hummpf...:/

Hindy disse...

Beijinho hindyado

Belzebu disse...

Para quem está habituado aos calores infernais, acho que é preferível ler e ver atentamente as tuas descrições e aguardar por um tempinho melhor para lá ir! O frio para mim é que é uma verdadeira praga!

Aquele abraço infernal!

Bloga Comigo disse...

Queres blogar comigo? Eu quero blogar contigo.

Bjos

Kalinka disse...

AMIGO MOCHO:
A minha sobrinha é uma jovem de 25 anos, peço desculpa por deixar este pedido:

Não é meu hábito andar a incomodar pedindo favores, mas tendo em atenção a situação da m/sobrinha, que aguarda a todo o momento um «transplante de coração» se puder vá ao blog dela e, responda ao questionário sobre «grupo sanguíneo» ela está a fazer uma sondagem que é muito importante para ela:
http://pikenatonta.blogspot.com/

Qual é o seu tipo de sangue?
PS - Coloquei uma sondagem no blog. Agradecia a TODOS que pudessem responder pois não custa nada... MUITO OBRIGADA!!!!!

ATENÇÃO: há pessoas que não entendem e pensam logo que é para dar sangue, NÃO, NÃO É...é apenas uma sondagem sobre grupo sanguíneo.
QUEM PUDER COLABORAR, lá no blog dela, eu fico muito grata.
Um abraço.

Ai como eu preciso de um Abraço!!!

Isabel Magalhães disse...

A única diferença é que em Junho os terrmómetros marcavam 30, 32 graus o que foi muito agradável para passear á noite. A noite em Praga é mágica; tem um cheiro e sabor especiais. Diz lá se não tem? :)))

bj

I.

Blog Widget by LinkWithin