A insustentável leveza de ser...Tuga


O Controlo é enorme, as fronteiras até foram encerradas, nos aeroportos o alerta é dos maiores, eles são homens, cães, barcos, cães, helicópteros, inspecções em todas a viaturas, a estrada até Espanha tinha apenas uma via aberta e controlada ao milímetro, os media dão-lhe uma ênfase enorme…e tudo por Maddie…

Isto sim é um trabalho de profissionais, procurar incansavelmente uma criança que por negligência foi deixada sozinha com os irmãos enquanto os pais jantavam tranquilamente num restaurante.
Apesar das críticas vindas das Terras de S. Majestade os tugas não baixam os braços e de forma excelente, continuam nas buscas da criança inglesa e vamos esperar que a encontrem para aliviar o sofrimento de todos os familiares.

Mas agora pergunto…fosse uma criança portuguesa teríamos assim tanto alarido e o apoio ilimitado das autoridades portuguesas? I don’t think so…. Afinal nem sempre o que é Nacional é bom

42 comentários:

Cila disse...

ola

Concordando contigo que o alarido é grande...mas esperando q se a criança fosse lusa...para alem dos insultos aos pais pela incuria ...também procurassem sem parar....

Agora porq a criança e pais e fbi e outras coisas mais teem tanto tempo de antena é mesmo ausencia de noticias....pois ja nem o nosso 1º ministro nem o mayor entusiasmam a populaça.
será que a França com sarkozy os entusiasma? Ou sera´que o Jardimm o da madeira e o outro q finalmente conseguiu casar a filha?
Beijokas que ja tou a falar demais:)

wind disse...

Lapidar e concordo no teu protesto!
beijos

Pretazeta disse...

ainda hj comentei isso com o meu namorado. se fosse uma miuda portuguesa. Fazia uma busca silenciosa durante um dia e lamentavam o facto.

O caso do tão conhecido rui pedro que mora muito perto de mim, nunca foi encontrado ´mas se for, ´são só os pais os responsaveis! Que lutaram uma vida por ele.

leonoreta disse...

ola mocho
dizeres que a minha escrita te da tranquilidade foi das coisas mais simples e mais bonitas que ja me disseram acerca do que escrevo. porque é isso mesmo que eu quero passar. tranquilidade ate mesmo nos momentos mais inseguros das situaçoes ficcionadas.
quanto ao teu artigo, tu perguntas se teriamos tanto empenho na procura de uma criança portuguesa: teriamos. nos somos assim, de alma e coraçao.
abraço da leonoreta

Bia disse...

Olá,

Antes de mais queria agradecer pelas palavras simpaticas que deixaste no meu blog :-)

Eu hoje estou furiosa, acabei de ler 1 noticia e acabei de escrever o meu post diário! Estou farta deste país! de tudo!
E esta situaçao que falas é outra que tb me incomoda, se fosse uma criança Portuguesa de certeza que as coisas nao se processavam desta forma!
Em 1º lugar quem é que deixa dois bébés e uma criança de 4 anos sozinhos em casa?
e depois isto tudo é mesmo à tuga... São Ingleses, os media de Inglaterra estao em peso ou estiveram em peso cá e claro, ha que mostrar trabalho...
Tb depois disto vão ficar tão cansados que só trabalham daqui por 2 anos!

Bem! mas é o que temos... :-(

beijinho grande

.....e Capricórnia sou eu!!! disse...

Mochito lindo,

espero que o teu fds tenha sido do melhor.

Em relação ao post, a minha primeira pergunta é:
"Mas será que ninguem culpa os pais???"

É tão facil tirar a agua do capote e dizer que a culpa não é deles!E ainda tiveram a lata de dizer que nós (tugas) somos todos uns selvagens!
...francamente!

:)

O besso guapito lindo

Caracolinha disse...

Olá meu queridinho ... pois é também tenho saudades tuas ... este fim de semana foi absolutamente atípico para nós ... :)

Mas para o próximo compensamos e de que maneira ... já estou a aquecer as cordas vocais !!!! :)

Beijinho amigo do coração ... :)

Caracolinha disse...

Olha em relação ao post ... nem sei o que te diga ... too much information ... ainda não consegui processar tudo .. :S

Bjinho qido !!!!

pitanga disse...

Deus queira que eu esteja enganada mas esta história está mau contada. E mais: tenho uma sobrinha que já viveu na Inglaterra que diz que se isso acontecesse lá, os pais já teriam sido presos por deixar as crianças sozinhas.
Que o anjinho da guarda a proteja.

cristina disse...

Boa pergunta, sim senhor!!!!

beijocas!!

:))



Está difícil comentar por aqui ! Vou na 1000 tentativa ;)

cristina disse...

A Cristina aí em cima é a objectiva3!

:)

Meia Lua disse...

Infelizmene querido Mocho, tenho que concordar contigo... uma tristeza...
beijinhos

foryou disse...

Por um lado concordo, sei que muitas vezes tens motivos para colocares essa interrogação.

Por outro lado discordo, também é verdade que muitas e muitas vezes a actuação é boa.

É lamentável saber que ainda continuam a haver pais que deixam assim os filhos num "é já ali".
De qualquer forma nem consigo imaginar o sofrimento, por isso espero que a encontrem embora dúvide um pouco.

agua_quente disse...

Concordo, em absoluto! E faço as mesmas interrogações.
Beijos

Alien8 disse...

Concordo: não teríamos nada disto. E ainda os ingleses se atrevem a criticar. Sou capaz de apostar que nem eles teriam tanto, lá na terra deles...
Um abraço.

Isabel disse...

Será que com tanto mediatismo que querem dar a este caso, não vão prejudicar, a única inocente, no meio disto?!

Até agora temos sido considerados como o país mais seguro da Europa; a partir daqui, os nossos amigos britânicos vão pôr-nos de rastos.

O que foi feito para encontrar os "Rui Pedros" que desapareceram deixando famílias arruinadas?!

Espero queesta menina apareça rapidamente.

Até breve.

Kalinka disse...

Bom dia Amigo Mocho
Ouvi nas notícias das 9h de hoje, precisamente o pai de uma criança portuguesa que desapareceu em 1991 dizer que é vergonhoso isto acontecer, pois no caso do seu filho não andou nenhum policial nas buscas e, que ele próprio fez tudo por si, havia alguns postos de polícia em que ele chegava para pedir ajuda e nem tinham conhecimento da situação...
mais palavras para quê?

Porque como sempre quem está lá em cima quer ser bem visto pelos estrangeiros, a prata da casa não tem qualquer valor ou consideração.

Ainda há quem tenha orgulho de ser português!!!

Beijokinhas.
Muito obrigado pelo miminho no dia da Mãe.

Belzebu disse...

Apesar de eu gostar de atirar lenha para qualquer fogueira, ehehe, desta vez e até porque este é um caso demasiado dramático, gostava de recordar o empenho das nossas autoridades em casos recentes, com crianças portuguesas. Recordo o caso Joana, que apesar de nunca ter sido encontrada, mobilizou as polícias e o país. Trata-se de situações muito complexas, mas que não encontro grandes diferenças em termos de empenhamento das autoridades!

Espero isso sim, que o desfecho deste caso seja diferente do da Joana!

Saudações infernais!

Cristina disse...

Um caso muito triste, mas infelizmente a culpa é dos pais...Agora não sei se fosse portuguesa se teriam tantos cuidados...

Só espero que para bem da criança a encontrem bem...

Um beijinhu

tuga disse...

Discordo completamente.
Lembra-se da pequena joana (tambem do Algarve), o alarido que fizeram com Tv'is e afins.
Estamos é mal habituados. Temos das melhores policias de investigacao do mundo, e o segredo acho que é a alma do negocio. Os ingleses estavam a espera que lhes dissessem tudo de mao beijada mas . . . Isto aqui ainda não é O Quintal da Rainha

Enfim... disse...

sabes que tambem já me lembrei muitas vezes disso, penso que sendo uma criança portuguesa não seriam tão incansaveis e não atuariam logo ás primeiras e isto infelizmente é triste mas é o pais de merda que temos.
Quanto ao assunto em questão a unica coisa que tenho pena é da criança que sem querr ficou sozinha e provavelmente levada para sofrer, enquanto os pais relaxadamente jantavam, eu não o faria, quer tivessem a dormir quer não, mas isto sou so eu e concerteza parte das mãe deste mundo mas pronto...

Bjokas

Sara MM disse...

não consigo ver as coisas de esse modo.
apenas sinto tristeza.. pena... muita muita!


Bjss

Hindy disse...

Concordo inteiramente contigo!

Beijinhos :o)

Jorge Martins disse...

Caro "mocho falante",
Obrigado pelas suas simpáticas palavras no meu blogue. Dei uma espreitadela na sua "árvore" e pareceu-me ser um poiso muito aconselhável (e não só a noctívagos...).
Quanto aos meus livros, a FNAC é um local possível, mas penso que a distribuição é suficientemente boa para o poder encontrar nas grandes livrarias. Claro que não o encontrará nos hipermercados, ao lado das "margaridas qualquer coisa"!...
Entretanto, se está a pensar comprar os 3 volumes, sugiro-lhe que espere pela Feira do Livro, onde deverá ser "livro do dia", com cerca de 40% de desconto.
Abraço,
Jorge Martins.

125_azul disse...

Ora nem mais nem aquela! Cheira-me que isto ainda vai dar asneira da grossa e que o nosso complexo de inferioridade está em alta outra vez...

Beijocas

Caracolinha disse...

Ao som desta música que nos fez dançar tanto os dois no outro dia à noite, apesar de à distância, venho pedir-te que quando puderes passes na casca para veres se consegues dar uma ajuda aqui à tua irmã ...

Olha fala também ao Pavio que é um gajo bom para este tipo de coisas ... diz ao pavio para ir espreitar lá à casca ... :)

PPPPPPllllleeeeaaaasssssee ... please brother owl !!!!

Tanq Iú !!!!

Bába !!!! :)

Marco Ferreira disse...

Não podia concordar mais. Tenho dito o mesmo, onde andavam os pais daquelas crianças para as deixarem sozinhas enquanto foram jantar.
E ao que parece, mesmo com tanta coisa que se tem feito, ainda temos sido mal falados lá por fora.

Nem digo se fosse uma criança portuguesa a desaparcer cá, digo antes se fosse uma criança portuguesa a desaparecer lá fora, noutro país, nas mesmas circunstâncias, se fariam o mesmo por nós, Tugas.

marinheiroaguadoce a navegar

irneh disse...

Concordo plenamente: o que é Nacional nem sempre é bom. Coitados dos pais se fossem portugueses! Que insultos não teriam já ouvido, os outros filhos ter-lhes-iam já sido retirados, enfim, possivelmente até teriam sofrido logo ali a justiça popular. Mas somos um povo de coração aberto, hospitaleiro, tão hospitaleiro que nos esquecemos dos nossos... Espero que a criança apareça, mas gostaria que todos fossem tratados de igual modo, o que nem sempre acontece.

Casemiro dos Plásticos disse...

realmente tens toda a razão neste texto mas esta história está muito mal contada então só levaram a miudinha mais velha deixando os outros lá? parece-me vingança e tal, a malta tem de investigar! isto ainda vai durar e durar...

alexia disse...

Infelizmente tambem não consigo ver as coisas desse modo.
Acho que "atacar" os pais não é de todo apropriado num momento destes quanto mais não seja pelo desespero que uma mãe ou um pai sentem numa altura destas e não nos armarmos em pais perfeitos parece-me mais sensato que lançarmos farpas a todos os que nesta hora procuram um final feliz para esta historia.


PS: Ah...realmente nem sempre o que é nacional é bom, nisso não posso mesmo discordar:))

Isabel-F. disse...

infelizmente sabemos que com as crianças portuguesas nunca foi feito o mesmo ...

.. só espero que com a pequena Maddie esteja tudo bem ... é uma inocente sem culpa de nada ...

beijinhos

Catarina disse...

caro mochito
Todo este mexe mexe da policia e dos meios de comunicaçao social não tem a ver com a nacionalidade mas com o extracto social.
Para fazer mexer a policia e os jornais é preciso ter influencia e saber impor-se. Infelizmente esses serviços deviam mexer o rabo com a mesma energia para uns e para outros porque podem pensar que não; mas não sao pagos em exclusivo pelos meios mais abastados mas por todos os contribuintes.
No entanto o que temos visto até hoje é isso, um alarido por alguns e uma indiferença de meter medo para outros...
Quanto à forma como desapareceu a miuda nao culpo os pais, embora nunca me passasse pela cabeça deixar miudos tao pequenos sozinhos mesmo que andasse por perto. So quem tem miudos dessa idade é que sabe que não se pode deixar sozinhos cinco minutos, que podem expor-se ao perigo "enquanto o diabo esfrega um olho".
bjtos

Sei que existes disse...

Acho muito bem os esforços que se estão a fazer por esta criança desaparecida!... Mas infelizmente julgo que tens razão ao perguntar se fosse uma criança portuguesa se o tratamento seria o mesmo... é possível que não...
Beijocas

gato_escaldado disse...

Muito pertinente a questão que colocas e a dúvida que sugeres!

Abraços

A Lei da Rolha disse...

Meu caro amigo virtual, desculpa a minha ultima postagem, não penses que foi plágio, mas sim uma forma idêntica de pensar!
bfs

Natalie Afonseca disse...

Olá MOchinho!
POis! Eu estou muito triste com o que aconteceu co a pequena Madeleine, espero mesmo que nada de mal lhe tenha acontecido por causa da grande negligência dos pais!!!!

E é isso mesmo, e os de portugal, os de cá....abandonados à sorte?!?! Talvez!!

Fico mesmo lixada com esta falta de visão!!!

Beijinhos para ti!

Era uma vez um Girassol disse...

Tens razão...
mas esperemos que a menina apareça sã e salva.
E que, se algum menino português desaparecer, as autoridades policiais se esforcem tanto como se têm esforçado neste caso.
Beijinho

Entre linhas... disse...

Que os anjos protejam todas as crianças do mundo.
Votos de um óptimo fim-de-semana
Bjs Zita

MCM disse...

E a pequena Joana que comoveu e indignou o país?
Oxalá as mentalidades estejam a mudar e este caso seja o reflexo disso, para que cada vez mais se procurem e apareçam TODAS as crianças desaparecidas. Não é hoa de criticar mas de procurar esta crianças e que nos sirva de exemplo para o futuro que assim devem ser feitas as buscas a TODAS as crianças.
Um bj

foryou disse...

E a saga continua. ai ai

Ulysses disse...

Seja o que for que tenha acontecido, pobre da menina.
Pobres de todos aqueles que se esfumam sem deixar rasto.
Pobres dos pais que por negligência ou não, ficarão para sempre feridos de morte, seja pela culpa, seja pela perda, seja pela incerteza, seja pela raiva.
Pobre deste país de gente vendida e rendida que dá tudo aos que não lhe dão nada.
Pobres dos desaparecidos portugueses, de quem ninguém quer saber e que são vestidos bem cedo pelo manto do esquecimento e da indiferença.
Muito pertinente este teu lamento que eu subscrevo.
1 Abraço

Assobio disse...

Espero que tudo se resolva e que a realidade faça alguns ingleses engolirem as barbaridades todas que têm dito a nosso respeito.

Blog Widget by LinkWithin