Glastonbury again? YES Please...


As viagens a Inglaterra têm para mim sempre um encanto muito especial, confesso que algo me atrai fortemente naquele país, e acreditem que não se trata apenas do chá e do reboliço da massa humana que circula pela CITY.

Tenho a sorte de ter uma guia pessoal que me leva aos encantos de um país cujo Sol nem sempre erradia.

Desta vez a paragem principal foi em Glastonbury no condado de Sommerset. Foi um momento único para quem as histórias do Rei Arthur, do Santo Graal e das famosas hostórias de Marion Zimmer Bradley tanto encanta.

Fiquei sozinho naquele local, deitado à minha sorte de explorador de um local onde o misticismo mora em cada esquina, foi magnífico, não sei bem explicar o que senti, num local onde as pedras respiram uma mistura de história e de lendas, onde uma energia nos invade a cada paso que damos.
Elevando-se acima das planícies de Somerset Levels, encontra-se Glastonbury Tor, onde se ergue a torre de uma igreja em ruínas, que constitui um marco inigualável de um dos lugares mais misteriosos da Inglaterra. E isto porque, Glastonbury, local de uma primitiva povoação cristã, está imersa em abundante riqueza de tradições e lendas, de mitos e romances.
DSC00168
Glastonbury Tor ergue-se a mais de 150 metros de altitude outra colossal gravidez da terra, o Tor, um cone extraordinário, visível de todas as direcções num raio de mais de 30 quilômetros.
O Tor é coroado pela torre de uma igreja em ruínas dedicada a São Miguel, um célebre caçador de dragões e inimigo dos espíritos do mal.
Segundo uma lenda celta, a entrada para Annwn, a morada subterrânea das fadas, pode ser encontrada através de túneis e câmaras naturais localizadas debaixo do Tor. Seria através desse portal que Gwynn ap Nudd, rei das fadas, teria partido em caçadas selvagens para encontrar e roubar os espíritos dos mortos.

“Tor” em celta significa Portal, passagem; estaria ali o umbral que permite a passagem do nosso mundo para a ilha sagrada de Avalon.
DSC00170
Como diz Morgana no livro "As Brumas de Avalon" A verdade tem muitas faces e assemelha-se à velha estrada que conduz a Avalon: o lugar para onde o caminho nos levará depende da nossa própria vontade e de nossos pensamentos, e, talvez, no fim, chegaremos ou à sagrada ilha da eternidade, ou aos padres, com seus sinos, sua morte..."
Esta pequena e animada povoação atrai visitantes de todos os gêneros: romanticos fascinados pela lenda do Rei Arthur; peregrinos à procura de herança da antiga cristandade; místicos em busca do Santo Graal; enquanto astrólogos são seduzidos pelos rumores da existência de um zoodíaco na paisagem. Glastonbury mais não era do que uma ilha rodeada de pântanos quando os primeiros cristãos ali se estabeleceram (Avalon).

Grande é a associação de Glastonbury com Avalon. A grande abadia de Glastonbury foi fundada no séc. V. A seu lado havia uma pequena igreja, muito antiga, que se dizia ser o primeiro santuário construído na Bretanha e, assim, associado a José de Arimatéia, que teria trazido o Santo Graal para o país. Em 1184, um incêndio destruiu a pequena igreja, bem como a maioria dos edificios da abadia. Um programa de reconstrução foi então iniciado por Henrique II, mas, como exigia somas intensas, era necessário alguma coisa para atrair peregrinos e as suas carteiras.
Mas da Abadia falo no próximo post, agora o que vos posso dizer é que vim encantado por Glastonbury, um local a não perder bem perto de Bristol.
Que os Deuses estejam convosco!!!! Awen

37 comentários:

relampago disse...

pois ficarei à espera. atenta. beijo.

A.J.Faria disse...

Olá,Mocho!
Muito bem, fiquei a conhecer um pouco mais sobre a tua viagem a Inglaterra!
Deu para ver que ficaste fascinado com o clima húmido e nublado que por lá se faz sentir!Lolol
Espero novos relatos!
Um grande abraço,

ivan (aka bandinho) disse...

esses posts são só pa nos deixar verdes de inveja, não são??

Isabel Magalhães disse...

Meu querido Mocho,

Se tu não fosses 'caranguejo' a astrologia deixaria de fazer sentido para mim.

Uma delícia de post. Obrigada pelos ensinamentos que aqui deixaste.

Beijossssssss.

As Musas disse...

Sabes mochinho, estou encantada, envolta em magia, com esta musica, as imagens e a tua descrição, vejo a Morgana a passaraa barca para a ilha, sinto o nevoeiro, oiça a vestais a cantar ai ai ai ai obrigado pela partilha.

Cristina disse...

Olá mochito,
Ao ler o teu texto sobre a tua viagem, juntamente com a música que colocaste, só posso dizer que fiquei arrepiada...
Também vou dizer que não conheço essa parte da Inglaterra, aliás nunca fui á Inglaterra e desconhecia sobre o que escreveste.
Parabéns adorei ler e através de ti conhecer um pouco sobre Glastonbury Tor.
Vou ficar á espera do próximo texto acerca de Abadia...
:)
beijinhuuuu

wind disse...

bem estou deliciada com o teu post. Sempre me seduziu o que escreveste e com esta música de fundo, voei até lá:) Obrigada. Beijos

JSilvio disse...

bonitas imagens =)
bom fim de semana amigo =)

musqueteira disse...

Caro Mocho falante,
A exposição "Lapis Exilis" que esteve patente no Palácio Nacional da Ajuda em 2005, fala exactamente do que escreveu neste post...e tão bem retratou com as suas palavras!;) Tanto poderia...eu... aqui falar de Glastonbury...mas... o mais importante é que talvez...eu disse... talvez... tenha oportunidade de ver a dita exposição.. perto de Oeiras este ano:)...ah...aguardo o próximo post;)

Anónimo disse...

Ola mochinho

Apos varias tentativas falhadas de deixar uma bicada, ca esta a tua fiel guia de estas terras misticas a dizer as dela.
Foi mesmo bom ter-te ca apesar de breves dias...deu principalmente para matar saudades!
E para que saibas, ontem fui outra vez jantar ao vietnamita com a companhia do costume e va la...consegui desta vez pedir as benditas lulas!
xxx

Mocho Falante disse...

Fiel guia e amiga para a eternidade, que bom aqui teres deixado a tua mensagem.

Já tinha saudades tuas....

Hummmm Vietnamita as famosas Lulas que eu não comi.

Não faz mal é pretexto para voltar à city não é verdade.

Beijos grandes fiel guia e amiga para a eternidade

A .Carlos disse...

Olá Mocho
Recordei aqui nas tuas palavras, uma das minhas apenas duas, viagens a Inglaterra.
Está soberba, a forma como nos conduzes neste passeio e nos fazes sentir as "Brumas de Avalon" e me recordas as histórias do Santo Graal e as lendárias histórias do Rei Artur e dos Cavaleiros da Távola Redonda.
Amusica não poderia sêr mais apropriada a esta viagem de fantasia.
Adorei, aguardo noticias da Abadia
:)

Wakewinha disse...

Com essa descrição foi quase como se estivessemos lá contigo! Para breve vou ter de conhecer esse país e depois vou invejar-te... =P

Beijinho de resto de bom fim-de-semana*

SaltaPocinhas disse...

é lindo! pena esses gajos falarem inglês e conduzirem ao contrário!

Pitucha disse...

Bela descrição! Senti coisas semelhantes em Stonehenge.
Beijos e continua a contar.

Isabel-F. disse...

Oi Mocho...

Adorei ler...adorei o teu relato...
tão bem o fizeste...que me fizeste viajar...e imaginar um local que ainda não tive a oportunidade de conhecer.


boa semana
bjs

Eva Shanti disse...

Mocho querido,

Antes de mais, espero que estejas melhorzito da tua crise de vesícula. Será Earl Grey a mais?

Quanto a Glastonbury, já tive oportunidade de te contar algumas das minhas experiências, sendo uma felizarda por conhecer tão fantástico lugar a que fui para, por acaso, tinha eu 21 aninhos...

Continua a ser uma das paragens a que quero voltar. Haja tempo e haja o resto...

Beijo muito grande

th disse...

Bela lição de História, que por certo todos nós agradecemos. A atmosfera está dada e tão bem que não sei se é do frio que faz mas até me arrepiei.
Depois de ter ouvido o relato da viagem ao vivo foi muito bom ter lido este post.
Beijo, th

Maria disse...

Que maravilha

Parrot disse...

Meu caro Mocho,

Ao exemplo do livro....breve tentarei seguir esta tua sugestão. Não conheço, mas pelo que descreves...merece uma visita.

Boa Semana
Abraço

Anónimo disse...

Wunderbar!

Oricete

Cristina disse...

Olá mochito,
Espero que estejas melhor :)
beijinhu

Ulysses disse...

Uma bela reportagem que deu vontade de lá ir um destes dias. Isso é que foi um belo voo Mocho. Obrigado pela sugestão e pelas fotos.
Por essas bandas realiza-se um belo festival de música, que aconselho a quem gosta do género, que será de 22 a 27 de Julho de 2007, já que este ano não se realizará:

Glastonbury Festival of Contemporary Performing Arts

Quer o Roger Waters e o David Gilmour por vezes actuam lá de surpresa.

Ahraht disse...

Muito à frente...Não fazia de ti um Mago.

As tuas rápidas melhoras.

Um Abraço

Mitsou disse...

Já sei a quem pedir umas dicas quando for visitar os locais encantados :))

Vai haver mais, não vai?

Beijocas, Mochinho, e uma óptima semana

xá-das-5 disse...

atão e Sintra?
;)

MCM disse...

Fico á espera de mais!

Kalinka disse...

Olá Mocho:
Começo por desejar que já estejas completamente recuperado do teu mal-estar.
Sobre o «post», que dizer? Já sabes como sou completamente «louca por viagens» e também fico muito feliz quando são os outros a viajar e depois chegam e comentam sobre os locais onde estiveram, para mim, isso é muito salutar; enriquece-nos a todos o que aqui aprendemos...!!!
De Inglaterra, até aos dias de hoje, apenas conheço Londres, daí que tenha gostado de saber algo mais de outros lugares, vou ficar a aguardar os próximos relatos de viagem. Beijokas.

smartins disse...

Ainda cheguei a tempo? :)
Grande abraço!

Caracolinha disse...

Meu kakaka ... vim aqui expressamente porque já não passava aqui "há bués" (como tu dizes) ... tenho andado arredada pelos ... motivos que tu sabes porque acabei de tos dizer .... mas tou com este ar tresloucado que me caracteriza e bem disposta como sempre !!!!

Olha amorinho do meu coração ... aqui a molusca quer ver estas e as outras fotos este fim de semana quando te fôr afagar essa penugem !!!!

Olha querido amigo e o resto ... o resto a malta leva como tem levado tudo até aqui né ????

Bába afagador du godjo carinho nessa penugem mais linda ... e já sabes ... "estamos por aqui" como sempre né ????

Te gosto mochinho. GÔDO. MUITO GÔDO.

Lumife disse...

Com o teu modo muito característico descreveste um local de sonho e aguçaste o nosso apetite. Interessantes os locais e as lendas. E aguardemos o que se segue...

...mas também tenho um local histórico para te mostrar se quiseres vir ter connosco em 22 de ABRIL ao ENCONTRO DE BLOGS EM ALVITO. Estamos preparando o programa. Contamos contigo.

Um abraço

Meia Lua disse...

As paisagens, as lendas, a magia e claro, a música...
perfeito... Um mundo de encanto onde de certeza, ninguém quer sair...
:)

lazuli disse...

que os deuses te protejam, mocho. Um mocho, caranguejo também. Olha que associação engraçada mas pensando bem no assunto, até tem a ver. Como carangueja apetece-me às vezes ser mocha.
Esta tarde deliciei-me com a tranquilidade e beleza deste texto e das fotografias, nas brumas de Avalon.

*

lazuli disse...

que os deuses te protejam, mocho. Um mocho, caranguejo também. Olha que associação engraçada mas pensando bem no assunto, até tem a ver. Como carangueja apetece-me às vezes ser mocha.
Esta tarde deliciei-me com a tranquilidade e beleza deste texto e das fotografias, nas brumas de Avalon.

*

Armando S. Sousa disse...

Costumo ir frequentemente a Inglaterra, esta dica têm muitíssimo interesse para mim.
Penso que irei a Glastonbury brevemente.
Obrgado e um abraço.

Vespinha disse...

D'olá...
estou sempre a aprender contigo...
quando é que me levas lá?

Babinho

...agora vou levar da segunda parte variada...

Anónimo disse...

Uma pessoa é levada na blogosfera como pelo vento! E ao esvoaçar por estas páginas descobri este post magnífico...
Ainda em Agosto estive exactamente em Glastonbury... a ver exactamente os mesmos locais...ficámos a dormir num bed and breackfast no sopé do Thor, com uma senhora muito mística e que nos contou histórias mágicas daquele local... ela própria parecia uma figura de um conto de encantar! Que lindo, que saudades! Enfiei-me com umas amigas num jipe na Escócia e foi sempre a descer desde Edimburgo até Kendal, Nottingham, Sherwood, Gloucester, Oxford, Stratfor-upon-Avon(cidade onde nasceu Shakespeer), Salisbury (Stonehenge), Glastonbury, Bath, Bristol e Cardiff...

Blog Widget by LinkWithin