Quando a peixarada é grande...

O diz que disse cada vez cresce mais neste país, a TVI parece ser o patrocinador oficial da má língua e Manuela Moura Guedes o porta estandarte do mau gosto e do arrasa tudo e todos sem olhar a quem.

Veio Marinho Pinto e meteu-a para já na ordem (não fosse ele O bastonário de uma ordem), e mandou-a para o buraco de onde não deveria ter saído nunca....eu, farto deste frenesim de Telejornais com notícias deprimentes, resolvi ser revivalista e vibrar de novo com o Eurofestival, que embora esteja carregado de politiquice, manobras de diversão sobre quem se despe mais para ganhar, ainda tem quem resista e lute contra as performances que distraem e obrigam a focar as atenções às coreografias e corpos descobertos em prol do que verdadeiramente interessa, a voz, a melodia...

Moscovo recebeu este acontecimento com popa e circunstância, confesso que fazia anos que não estava atento ao festival, mas este ano, fruto do cansaço deste Portugal pobrezinho de espirito, decidi ficar a ver o que ali se passava, ganhou a Noruega e mal, mas isso não importa, o que importa é que descobri que os países do leste quando não cantam em inglês ficam mais fortes e cheios de originalidade e encanto, foi o que aconteceu a Anastasia Prikhodko, interprete da Russia, a canção Mamo (Mãe) transmite uma força inacreditável, e mesmo sem percebermos a letra, conseguimos sentir um turbilhão de emoções e de espanto, no palco magnificamente concebido, vimos num ecrã gigante a imagem da interprete a envelhecer ao longo da música, a força com que canta diz tudo e sem saber uma palavra em russo, (excepto vodka devido a uma juventude cheia de aventuras) percebo que adorei esta música...daqui do poiso vão 12 pontos para Anastasia Prikhodko, que mesmo em russo conseguiu convencer-me muito mais que a senhora Manuela Moura Guedes, que ainda muito tem de aprender sobre boas maneiras, e não só... Spassiba

21 comentários:

Anónimo disse...

óhhhhhhhhh que pena não vi, onde foi?
Entretanto vi em directo e repetido o tão comentado caso "Martinho vs Manela", que a meu ver ambos perderam a razão e a dignidade, se é que ainda a tiham...
th

mjf disse...

Olá!
Não vi o Festival, também nem sabia, quem era a nossa participante...
Em relação ao festival da tvi, dado pela MM/ MP, foi uma vergonha...Nenum deles podia ter descido mais baixo...
Maus reprsentantes de duas classes, a quem estalou a camada fininha de verniz, que ambos tinham ;=)
Assim vai o nosso Portugal...

Beijocas
Boa semana

Bxana disse...

Acerca da Manela: Eu vibrei com a "sova" que ela levou, mas a verdade é que também não vou muito à bola com o Marinho Pinto...:S

Miaus!!!

Miguel disse...

Concordo com o que foi dito aqui acima. De facto nenhum dos dois esteve no seu melhor, no entanto, acho que a Manuela já precisava disto há muito tempo. Ela faz de facto um péssimo jornalismo, o que é certo é que aquela estação tem directrizes que colocam aquela criatura em horário nobre a uma sexta-feira, sujeita a ser vista por milhões. A questão para mim é que fosse ou não o Marinho Pinto, ela precisava disto. Depois admiram-se que venha o primeiro-ministro dizer mal da TVI...já se está a ver que afinal o senhor no meio de tanta coisa, às vezes acerta...Ela sabia quem tinha à frente, e ele sabia que ela era assim, portanto foi só esperar pelo momento certo, e ele esperou e disse-lhe, mas não se devia ter posto ao nível dela.

O mais grave é que sabendo a peça de que se trata, se alguém não lhe tivesse dito lá no auricular para se calar, provavelmente e tal como o mocho definiu, a peixeirada ia continuar, porque esta senhora tenta espicaçar ao máximo quem entrevista. Mal acabam por ficar os bons profissionais que a TVI tem e que acabam por ser postos no mesmo saco que aquela criatura.

turbolenta disse...

DEpois de ler os comentários acima, concordo com a maior parte do que acima foi escrito.
A minha opinião é que, a TVI acaba por denunciar muitas situações que todos deveríamos conhecer.
Mas não gosto da MMG nem da maneira pedante e agressiva como conduz as notícias de 6º feira nem a maneira como orienta as entrevistas. Pois, geralmente, mesmo que esteja dentro da razão, a partir do momento em que desata aos berros, acaba por a perder de vez.
Quando "guerreou" com o Marinho Pinto eu não estava em casa.Só depois vi o espalhafato . O baixo nível a que ambos desceram e sem necessidade nenhuma, não era coisa necessária nem que se justifasse.
Mas claro...um homem não é de ferro, enerva-se e perde o controlo do que diz.
E foi uma situação nada gratificante para uma pessoa com o estatuto que o DR.Marinho tem.
Que a MMG é desbocada já todos sabemos mas ele deveria já estar preparado para responder às provocações dela, com mais nível, menos barulho, menos conversa e, consequentemente, mais razão.
Confesso que não é canal que me ocupe muito tempo, embora "passeie"com frequência pela TVI24.

Festival Eurovisão: Nem sei para que concorremos se aquilo é mesmo um festival de política em que a melhor canção nunca ganha. E Portugal não tem nunca a mínima das hipóteses. Estamos aqui neste belo cantinho em que só a ESpanha é nossa vizinha mas que também não costuma ser muito afável. E não fossemos nós um povo de antigos colonizadores e de muitos emigrantes e seria bem pior. Qual seria a nossa classificação se os Tugas que trabalham por esse mundo fora não quisessem gastar um pouco do dinheiro que tanto lhes custa a ganhar, com um telefonema para votar na nossa canção?
No meio de toda aquela música poucas foram as canções que se destacaram. E se antigamente a vencedora fazia sucesso, parece-me que, actualmente, não conseguem muita fama depois do 1º prémio.
POr isso até acho que o melhor era desistirmos dessas andanças.
boa semana

Baby disse...

Mal posso comentar, porque vi o Eurofestival de raspão e não assisti a esse"festival" nacional a que te referes, não sou fã da TVI, mas agora fiquei curiosa e com pena de não ter visto...

Continua a ser, no entanto, um prazer vir aqui, ao poiso do Mocho.

Um abraço.

mafarrico disse...

A Manelinha continua a dar que falar.
Não gosto nada do estilo... mas a verdade é que se somos aquilo que pensamos...
talvez seja por isso que o povo ainda vai vendo a TVi: Pensam pouco!

Teresa disse...

Vamos por partes.

É a segunda vez que aqui venho (a primeira vez foi esta tarde, depois do comentário que deixaste na Gota, e de que gostei). Vou voltar. Para já, registo com muito agrado que não te referes a personagens públicas com o familiar e irritante "o" ou "a" a anteceder o nome. Não andámos a apanhar alfinetes na costura com eles, não é? E registei que encontras imagens muito felizes para ilustrar o assunto da entrada. A do bullying (e é só uma) está fantástica.

Quanto ao tema desta entrada, por maior que seja a embirração que tenho (e eu mais não sei quanta gente) por Manuela Moura Guedes, também acho que Marinho Pinto esteve longe de ser um senhor. Ainda assim, confesso que o que mais me impressionou na entrevista foi o olhar dela, que só consigo adjectivar como satânico. CREDO!

I'll be back.

Teresa Durães disse...

Manuela Moura Guedes... nunca gostei dela mas está cada vez pior

Fire Wife disse...

Eu gostei da nossa canção. É toda soft e cheia de amor ;-)
A Manuela Moura Guedes ao contrário da nossa canção é toda agressiva e cada vez mais convencida, é pena que os jornalistas não sejam imparciais.

Beijinhos

Anónimo disse...

são farinha do mesmo saco
Mas o Marinho consegue ser ainda mais carroceiro, provocador e cretino

Triste espectáculo

escarlate.due disse...

há coisas que não gosto, por ex mau jornalismo.
há coisas que me enervam por ex pseudo-jornalismo feito de mediatismos baratos de fraca qualidade.
há mais coisas que não gosto como por ex arrogância e falta de profissionalismo.
mas há uma coisa que decididamente não suporto mesmo: falta de educação!!
quando a falta de educação vem anexada às anteriores coisas que não gosto... sinto-me feliz por a minha tv ter um botão que diz "desligar"

Miguel disse...

Adorei a Melodia da Anastasia Prikhodko ...!

Um Abraço da M&M & Cª!

Vento nos S@lgueiros disse...

Olá!

Vim só deixar uma pegada:)
Ausente, mas não esquecida!

Bjs

wind disse...

Não vi o Festival, mas ouvi aqui a música e gostei:)
Quanto ao outro episódio já acima foi comentado.
Beijos

Anónimo disse...

Olá!

Decidi fazer um post de agradeciemnto ao meu único comentador permanente!

E bem merecido! :)

Quanto a dita Manuela é como alguém, e bem, já lhe disse frontalmente: É uma jornalista que viola o código deontológico!

Um beijinho pela resistência nas visitas ao meu território!


Objectiva3- Cristina Garcia

aninhas disse...

Olá Mocho então td bem?
Bem, fico contente de n ser apenas eu uma das poucas q acha esta história td absurda!!!
Este telejornal nem deveria entrar nesta categoria, na minha opinião.
Jornalismo no meu entender é p ser feito imparcialmente.
E tenho dito.

hugs and kisses from kikos world

Alien8 disse...

Caro Mocho,

Por estranha coincidência, este ano também vi o Festival, após muitos anos de interregno.

Infelizmente, continuam a ganhar as piores músicas... aí, nada mudou.

Os meus doze pontos vão para a Suécia. Rússia, Finlândia, Turquia e outros salvaram a desgraça. A nossa também não esteve mal.

Um abraço.

APO (Bem-Trapilho) disse...

ahh pois, tb ouvi dizer que o bastonário pôs a senhora TVI na ordem! :) gostava de ter assistido. ;)
vim desejar-te uma optima semana!
bjokas grandes! :)

Ti Coelha disse...

Olá Mocho!

Eu sei que este comentário já vai bem atrasado, mas pronto, mais vale tarde que nunca. Vejo muito pouco de televisão e Jornal Nacional com a Nélinha só se for como penitência, uma auto-fustigação cerebral. Como por outro lado, eu não fiz nem faço assim tanto mal a ninguém a ponto de merecer tal castigo, nem sequer sintonizo o canal. Ainda fui espreitar no youtube e aguentei alguns minutos. Quando ela exclama com a boca toda aberta (que foi assustador, diga-se de passagem) "então o senhor é um bufo!!", pensei que até as peixeiras no mercado da ribeira tinham mais classe. Como também não vou muito à bola com o bastonário, interrompi logo o vídeo e deixei de me ralar com isso. Honestamente, não vejo estas tricas de popularidade como contas do meu rosário.

Haja alegria!! =D

escarlate.due disse...

a educação nunca foi o forte dela
ou alguma vez foi???

Blog Widget by LinkWithin