Primeiro estranha-se depois entranha-se

Ando muito calado não é? Pois acreditem que até eu acho estranho estas minhas ausências aqui pela Blogolândia, pois bem, neste país não se passa nada, o Bento XVI anda caladinho que nem um rato, não tenho viajado, e não me apetece escrever só por escrever, até para que não apanhem grandes secas com posts que nada dizem…

O mês de Março anda frio, apetece ficar em casa mesmo quando o Sol lá fora brilha tentando enganar o pessoal que a terra está quente e que se pode ir ver o Mar.

Ainda meio adoentado, decido não me deixar enganar por este Sol de Inverno e corro até ao Blockbuster para me encher de filmes que tanto queria ver e que na altura me escaparam.

Desta vez elegi Zhang Yimou, e foi assim que no fim-de-semana comecei finalmente a ver e a deliciar-me com 3 obras deste cineasta chinês que nos envolvem em cor e na perfeita sintonia entre a imagem e os enredos de cada história que nos leva a lugares longínquos, lá bem para o Oriente.

Comecei por ver “ O Segredo dos Punhais Voadores” (House of Flying Daggers), 2004.

A história possui uma intensidade emocional que aumenta com o poder das cores e com a excelência da fotografia.

A Casa dos Punhais Voadores, é uma sociedade secreta que rouba aos ricos para dar aos pobres. O imperador pretende a todo o custo que a sociedade seja desmantelada. Mei, é capturada e logo os capitães do regime simulam uma falsa ajuda na sua libertação, para que ela os leve até ao lugar secreto onde os líderes da Casa dos Punhais Voadores se reúnem, mas tudo se complica quando o amor intervém na trama da história.

Ainda meio azamboado com o que tinha visto, coloquei novo filme, desta feita, teve lugar o fabuloso “A Maldição da Flor Dourada” (Curse of the Golden Flower). Na véspera do festival dos Crisântemos, o palácio do imperador enche-se de flores amarelas. O imperador regressa a casa com o seu filho para passar as festividades em família.
Entretanto as relações com a Imperatriz, a bela Li Gong das “Memórias de uma Geisha”, ficam para o bera e coisa azeda. Durante anos, a imperatriz mantêm uma relação secreta com o enteado, quando este na verdade tem o sonho de fugir com o seu grande amor que é a filha do médico imperial. Por outro lado o príncipe Jai preocupa-se com a saúde da mãe e com a sua obsessão em bordar flores douradas. O imperador, esse, anda a arquitectar um plano secreto e bem maquiavélico, é o típico slogan da vingança ser um prato que se serve frio.

E como não há uma sem duas, nem duas sem três, decidi ver “Herói” (Hero) 2002, que conta a história de Qin, o imperador que viria a constituir a primeira dinastia chinesa.

O país estava dividido em sete reinos, Qin, Zhao, Han Wei, Yan, Chu e Qi que durante anos lutaram entre si pela supremacia, O reino de Qin era o mais poderoso e foram várias as tentativas de assassinato ao seu Rei.

Mas de todos os que o tentavam assinar, Qin apenas receava os três famosos e lendários matadores; Espada Quebrada, Neve e Céu.


A derrota dos três assassinos dava acesso a uma montanha de ouro e uma audiência privada com o Rei. Durante 10 anos nunca ninguém reclamou tal prémio, até que aparece Sem Nome, que consigo transporta as três espadas dos terríveis assassinos como prova da sua vitória. O rei logo se prontificou a ouvir a sua história na audiência privada. O que Sem Nome não contava era com a astúcia de Qin e do seu enorme conhecimento sobre o inimigo.

3 Filmes de Zhang Yimou, que vale a pena ver bem enrolados no sofá com uma chávena de chá verde, para condizer com o ambiente e com o sistema de som bem afinado para que não percam pitada dos efeitos sonoros nem da banda sonora de cada uma destas obras-primas do cinema…aluguem e vão ver que não se arrependem.

28 comentários:

Ka disse...

mochiiiitoooo!

Que bom ter-te de volta à blogosfera. Se bem que perceba que nem sempre andamos inspirados para nos passearmos por aqui, deixama-me que te diga que faço parte do grupo que está a "ressacar" por causa das tuas ausências!!! Qualquer dia só a Prozac, pois o teu espírito animado, os teus maravilhsos comentários fazem-nos falta. Vai pelo menos visitando-nos, pode ser?

Agora o Post: Ficam desde já na lista de espera para alugar se bem que agora ando mais ou menos desenfreada a tentar ver todos os bons filmes que nesta altura em particular passam nas salas de cinema.

Beijinhos enormes e um excelente dia :)

Girafa cor de rosa disse...

Ok! Convenceste-me! Obrigada pela partilha, dá jeito saber estas coisas porque às vezes não sei bem o que escolher no clube de video. Many thanks. Já agora...sorri e aquece o coração...está quase a chegar a Primavera, bjs. Olha que esta música é bela, mas precisas de mais "bom feeling"!!

Anónimo disse...

Bolas! Mega injecção de zangs! :oP
Mas abriu-me o apetite, sem duvida!

BJss
SaraMM

Era uma vez um Girassol disse...

Fariam as minhas delícias, tenho a certeza...
Boas dicas para os cinéfilos!
Bjs

turbolenta disse...

Tenho absoluta confiança nas tuas palavras. Pelo menos, as vezes que fui ver os filmes que disseste serem bons, eles não me decepcionaram. Antes pelo contrário.
bom resto de semana

wind disse...

Obrigada pelas sugestões:)
Beijos

turbolenta disse...

MOCHO ! !
Afinal estás desactualizado!
Ele (o Papa) já falou!

E, entre muitas outras coisas já "decretou" que fosse aumentada a lista dos Pecados Capitais
ASSIM:
A acrescentar aos velhos: Soberba/Avareza/Luxúria/Ira/ Gula/Inveja e Preguiça
Agora temos:
Pedofilia
Aborto
Manipulação Genética
Tráfico de Droga
Riqueza desmesurada
e
Poluição Ambiental

(Segundo fonte Correio da Manhã de hoje 12.03)

beijinhos

Anónimo disse...

eheheh, é uma delícia ler não só o post mas os vossos comentários.
As minhas ausencias dos meus blogs preencho-as com a visão de séries de TV, os meus canais preferidos neste momento são o AXN e o FoxLife. Leio tb um livro sobre livros, muito interessante, sem ser cansativo, com muita informação.
Beijo, volto sempre, th

calamity jane disse...

DEste senhor só vi o primeiro filme, há cerca de 537 anos... Chamava-se em inglês 'Red Sorghum', 'Milho Vermelho' em tuga. Lembro-me como se fosse anteontem, apesar de fazer parte de outra encarnação, do deslumbramento e do espanto. Como sou um grandessíssima mula - como diria a querida Azulinha - não vi mais nada dele, aliás, há anos que não vou ao cinema. Em casa... pode ser que sim. Um dia destes
bjs

Sei que existes disse...

Gosto imenso de ver filmes e, por incrivel que pareça, ainda não vi nehum desses 3... Tenho de os ver!
Espero que já estejas melhor.
Beijocas grandes

Pitanga disse...

Eu ia perguntar se não ficaste com os olhos em bico em ver tantos filmes assim, mas acho que ficaste com eles puxadinhos. hehehe

abraços

Marco Ferreira disse...

Nem posso emitir opinião acerca dos filmes porque não os conheço.

Posso apenas dizer que ando feito louco à espera da próxima semana porque vou estar de férias e já tenho uma enorme lista com os filmes que quero ver.

marinheiroaguadoce a navegar

Lola disse...

Mocho,

Espero que melhores.

A ideia dos filmes (excelente o teu relato) é sedutora, com o sofá à mistura já me convenceste!
Troco o chã verde por jasmin.

Beijos grandes.

Kalinka disse...

Amigo Mocho
Que bom ter-te de volta à blogosfera.
Há certas épocas do ano em que «sinto» que todos nós andamos menos inspirados, por estas bandas!

Juntamente a esse ciclo, aconteceu que domingo estive mesmo mal e fiquei assim mais 3/4 dias e, ontem com a minha sessão de acupunctura, fiquei um pouco melhorzinha, felizmente.

Sabes muito bem que o teu espírito animado faz-nos muita falta.

Boas sugestões de filmes, obrigado.

Beijinhos:)

Natalie Afonseca disse...

Hummm.....penso que vai ser muito bom ver filmes deste senhor!!! :)
Penso que já vi um, mas não me recordo o nome!!

Mochito, um brinde com poncha para ti!!! :))))))bjs

Templo do Giraldo disse...

http://templodogiraldo.blogspot.com/


Passem por aqui.


SAUDAÇÕES.

Catarina disse...

Ola

Em resposta ao teu ultimo comentario...

Não, a minha velha fobia não desapareceu! é uma coisa simples, quase corriqueira mas que me envenena a existencia; imagina que trabalhas no 22 andar e que tens horror a elevadores !! é uma coisinha do genero!

A ideia que tenho dos psicologos é diferente da que tenho dos psiquiatras... por isso continuo a frequentar o teu blog

E sobretudo porque as sugestões de cinema são sempre excelentes!

bjtos

anad disse...

Que bom som. Que belo blogue. Vou voltar mais vezes com gosto.
Anad

Casemiro dos Plásticos disse...

Ah ganda Mocho, sempre em forma com bons post e óptimas sugestões, obrigado mais uma vez.
um abraço e um bom fds.

Paola Vannucci disse...

Olá

Faço um convite de primeira Mão para que visite o meu blog, ontem foi o Dia da poesia!!!!!!

Tem algo meu por lá, faça o seu comentário,

http://pvannucci.blogspot.com

Boa Dia!!

Paola

Isabel Magalhães disse...

Bom dia, Mocho Falante;

"o Bento XVI anda caladinho que nem um rato..."

olha que não, olha que não! Entretanto o rol dos pecados já foi aumentado! :)))

Sobre 'cinema', em tempos fui muito muito fã de Nagisa Oshima. Agora ando desactualizada. Deixei mesmo de ir ao cinema; de dia não posso, à noite não vou - os estacionamentos, subterrâneos e de superfície são lugares perigosos - a cidade está perigosa, o país está perigoso...

bjs
I.

Belzebu disse...

Tenho que reconhecer que não sou nem nunca fui fã do cinema Chinês! Acho tudo demasiado amarelado para o meu gosto. De qualquer forma estou curioso em ver a longa-metragem que se adivinha, filmada lá para os lados do Tibet. Consta que será digno do próximo Fantasporto!

Quanto ao nosso S.Bentinho, antes andasse calado, pois com os novos pecados mortais que decretou, tenho aqui o meu inferno com mais clientes que um Centro de Saúde!

Aquele abraço infernal!

Wireless disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Wireless, I hope you enjoy. The address is http://wireless-brasil.blogspot.com. A hug.

Melões Melodia disse...

Nunca vi nada, mas a fotografia, cores e musica, deixam-me muito curioso.
Abraco

Alien8 disse...

Caro Mocho, Espero que já estejas OK, que eu ainda não estou... porcaria de gripe!

Não vi nenhum desses filmes, mas abriste-me o apetite!

Um abraço.

Isabel Magalhães disse...

Voltei...

Eu sei que o Nagisa Oshima é japonês.


:)

Bj

I.

Angela disse...

Mocho,
não sei porque colocaste no título a frase que Fernando Pessoa criou para propaganda da Coca-cola!

"Primeiro estranha-se, depois entranha-se".
Eu acho que é perfeita para definir o vício que pode gerar uma coisa tão ruim e malévola!

Cândida disse...

eu gotei da pipoca encanada :)

Blog Widget by LinkWithin