Diário de Bordo do Nordeste II





Este foi o dia de ir até Pipa, a Sul, bem a Sul de Natal, aliás neste país imenso, tudo fica muito a norte ou muito a sul, isto claro, visto aos olhos dos portugas que sentem uma ida de Lisboa a Porto como uma tortura.



Era dia de desfrutar as águas quentes do Atlântico Sul numa praia visitada pelos golfinhos…uma baía que fica no final de uma falésia, lá em baixo onde o mar convida a entrar e o areal a perder de vista oferece-nos uma mão cheia de tranquilidade….é a famosa Baía dos Golfinhos.



Para chegar Pipa há que ir uma bela dezena de quilómetros a Sul a partir de Natal…Cotovelo, Pirangi do Norte, Pirangi do Sul, Búzios, Tabatinge, Cumupurum, Barreta, Malembra, Tibaú do Sul e eis que chegamos a Pipa… Para atravessar todos estes nomes indígenas ainda levamos algum tempo. A chuva acompanha-nos durante a viagem, mas nada que chegue para nos desapontar, até porque para os Nordestinos, a chuva é apenas psicológica e num ápice desaparece e deixa o Sol mostrar todo o seu esplendor.



O dia é passado na praia, para depois ir ao lugarejo Pipa, que se transformou num circuito turístico enorme, 60% dos habitantes são portugueses que se apaixonaram e por lá assentaram arraiais.



Pipa é constituída por uma rua principal, aliás de ruas tem apenas uma…a principal, a qual os brazucas apelidam de Brodway.


A noite é um fórró pegado, para quem gosta de movimento nocturno, então Pipa é o local ideal, porque a partir da 1 da manhã é o desassossego.


As lojas são de muito bom gosto e conseguimos ver alguma organização no local. Descemos pela rua principal e lá em baixo espera-nos a praia do amor, nome sugestivo não? Aí as águas quentes rodeadas por recifes, são o menu perfeito para nos refrescar dos dias quentes que Nordeste nos oferece.


Comer em Pipa é no restaurante “Lampião”, o restaurante que faz a melhor comida da zona e há quem diga do nordeste, agora espantem-se o restaurante é de um Tuga, o senhor António e lá, para além da comida regional podemos ver as farófias, o arroz doce e até pastéis de nata. Foi onde comi a melhor picanha de sempre acompanhada por um belo abacaxi assado…de fazer água na boca e de uma bela capirinha bem doce.


Depois é tempo de beber uma bela água de coco ou um hula hula e embarcar de novo a norte que amanhã é outro dia. Bronzeados e de papo cheio, os tugas voltam ao Hotel em Natal para o banho do final do dia e para se prepararem para o repasto do jantar, desta vez nos restaurante Camarões em Ponta Negra…Bom Apetitie

27 comentários:

Alien8 disse...

Pipa... nome sugestivo :)
Da tua bela descrição, talvez o que mais me atraiu tenha sido o abacaxi assado... deve ser um espectáculo ainda maior que a Baía dos Golfinhos :)

Bom fim de semana!

pitanga disse...

Olha que mancada! Eu pensei que tivesse ido a Bahia. Rio Grande do Norte? As praias são lindas, sim senhor. Na próxima vá a Alagoas (Maceió)onde o mar também é qualquer coisa!!!

abraços

A Lei da Rolha disse...

Tens uma vida fantástica!!!
Jà conheces mais de meio-mundo, não?
Um forte abraço e bfs

Rute disse...

Que imagens bonitas! Pela descrição Pipa é lindo e o tempo que passou lá, foi bem aproveitado!

Nuvem disse...

uau....... lindo!

Parrot disse...

Olá Irmão,

Essa tua descrição enche-me de vontade de pegar nas malitas e fugir para aqueles lados. É um destino que tenho adiado sucessivamente...e já não vai ser este ano.
É um País fantástico....pelo que escreves e porque tenho um avô, que foi para aqueles lados e ainda não voltou.....já vão 57 anos.
:)))

Abraços

Parrot disse...

E espero que or lá fique.
:)

Paula e Rui Lima disse...

Olá!

Se gostas de cinema vem visitar-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente

Paula e Rui Lima

Isabel-F. disse...

bela reportagem
belissimas fotos
fizeram-me recordar a minha Africa

boa semana
bjs

Catarina disse...

caro Mocho:
Não merecias um comentario, não!
Acenar com praias e sol, a gente que vive em terras frias não é coisa que se faça!
Mas, "inda" assim, và la... nos somos curiosos e gostamos de viajar virtualmente, (é excelente para comodistas e falidos) e por isso este canto é sempre um roteiro agradavel!
Bjtos

Miguel disse...

A tua reportagem deixa-nos cheios de inveja e com agua na boca ...!

Um dia hei-de visitar este bocado de paraiso ...!

Um abraço da Matilde e Cª!

Era uma vez um Girassol disse...

Em Pipa, mesmo em sonhos ou pelos teus relatos...sabe bem!
Já tinha ouvido falar na Baía dos Golfinhos, onde amigos meus nadaram perto deles...ou vice versa!
Beijinhos

Sara MM disse...

estava eu a puxar pela mioleira... a pensar o que te dizer.. e a comentar o que aqui se passava...qd o comentário veio de lá:

"o que é que esse gajo faz na vida?"

pois... não sei... mas deve ser boa ideia! :oD

BJss
PS- lá te esperamos na Casa do Meio :oD só não deve dar para ires de avião! :oD

Leonoretta disse...

ola mocho
a minha inveja é saudavel. fico contente por alguem dosear bem o seu tempo e outros haveres na sua vida do dia a dia e nos saltos que da para la de...
como estes que nos mostras em fotos excelentes e em relatos soberbos.
parabens e goza sempre muito.
abraço da leonoreta

Paulo Sempre disse...

Fotos, alimento para o "sonho".....

Pitucha disse...

Que inveja, meu Deus! Obrigada por a alimentares!
Beijos

dakidali disse...

Já estou como a Pituxa. Que inveja. És do governo? Estás sempre a passear...
Beijinhos

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Estou a adorar esta viagem. Obrigada pela tua generosidade e nos levares virtualmente a sitios tão maravilhosos.
beijinhos

jguerra disse...

Mas que raio... não podes partilhar fisicamente as tuas viagens em vez de ser só por fotos e textos?
Que inveja!!

Ulysses disse...

Isso sim são umas belas ferias! Obrigado pela partilha do relato e fotos.
Abraços

Natalie Afonseca disse...

Olá querido Mocho!!!
Uau!! Um dia hei-de ir!! Sim! Sim!!
Mas antes disso, vem outros sítios!! :))))

Obrigada pelo comentário lá no blog!! :))))))

As tuas fotos est~~ao muito porreiras!! :)))

Adorei a "Coruja"!!!!
:P

Beijinhoss
:)

Paulo Sempre disse...

Obrigado pela visita. O Zalazar!?...não entendei lol...
Abraço
Paulo

Belzebu disse...

Amigo Mocho, isto não se faz! É como tirar pão da boca dos pobres. ehehe. Acabei de chegar aos cotovelos, a roer-me de inveja. Eu sei que a inveja não é bonita, mas é superior a mim!

ehehe!! Excelentes fotos! Saudações infernais!

Cristina disse...

olha vou ali já venho...fonix, uma gaja vem aqui toda contente e sai deprimida de inveja...:(

olha, beijinhos. ate loguito

adesenhar disse...

bem vindo Mocho.

o carnaval já passou mas ainda estamos a tempo de ver esta preciosidade...

dá um saltinho aqui: http://semdiscussao.blogspot.com/2007/02/e-quando-se-quer-faz-se-carnaval-basta.html

vale a pena.

abraço Mocho

Kalinka disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kalinka disse...

Amigo Mocho, estava lendo-te e as imagens a passar pela minha retina e memória, pois eu também lá estive, em Pipa e é tal como dizes.
Andei de barco na Baía dos Golfinhos.

BOM FIM DE SEMANA.

“A paciência tem mais poder do que a força”. Não meça um ser humano pelo seu poder político e financeiro. Meça-o pela grandeza dos seus sonhos e pela paciência em os executar.
Frase de Plutarco

Blog Widget by LinkWithin